Uma aula sobre diabetes

Diabetes

Aprenda mais sobre a doença e sua prevenção.

Mesmo sendo temida por todos, a Diabetes ainda é pouco conhecida por muitos. É uma doença crônica caracterizada pela deficiência na produção ou ação da insulina e alteração no funcionamento de macronutrientes, como carboidratos, proteínas e gorduras, e atingindo tanto homens como mulheres, a incidência aumenta com o avanço da idade. Estima-se que em torno de 380 milhões de pessoas sofrem com esse diagnóstico, devendo aumentar para 470 milhões em 2035.

Mas o pior não é isso: não tratando a tempo, pode causar amputação, cegueira, aumento no risco de doenças cardiovasculares, lesões no cérebro, diminuição da expectativa de vida e muito mais. Então, fique bem atento aos sintomas:

  1. Ir muito ao banheiro para urinar

  2. Aumento da fome e emagrecimento rápido sem explicação, com sintoma de fraqueza

  3. Boca seca

  4. Problemas repentinos na visão

  5. Repetidas infecções urinárias e/ou cutâneas

Além disso, para diabetes tipos I e II, algumas ações podem ser decisivas para prevenção:

  • Aleitamento materno exclusivo

  • Introdução adequada de alimentos na infância

  • Redução e controle na ingestão de alimentos refinados, com excesso de açúcar, farinha de trigo branca e embutidos

  • Manutenção do peso

  • Evitar o estresse

  • Praticar atividade física

  • Dormir melhor. O sono de baixa qualidade prejudica a ação da insulina

E para quem já foi diagnosticado, é necessário uma atenção especial aos nutrientes que podem contribuir no controle da diabetes:

  • Zinco (ostras, camarão, carne de vaca, frango e de peixe, fígado, gérmen de trigo, grãos integrais, castanhas, cereais, legumes e tubérculos)

  • Vitaminas C (abacaxi, acerola, goiaba, laranja, limão, tangerina, kiwi, caju, morangos, pimentão, rúcula, alho, cebola, repolho, espinafre, tomate, brotos de verduras, agrião, alface), E (óleo de soja, palma, amendoim, milho, cártamo ou girassol, azeite, nozes, amêndoas, castanha-do-pará, gérmen de trigo, grãos integrais) e D (peixes e frutos do mar, como o salmão, o carapau ou os mariscos)

  • Ômega 3 (peixes, sementes de chia e linhaça, nozes)

  • Probióticos (leites fermentados e produtos orientais à base de soja)

Lição de casa – Lembre-se: uma dieta adequada e uso de suplementos nutricionais são ferramentas essenciais na prevenção e controle do diabetes. Consulte sempre um nutricionista!

Nutricionista responsável Fabiane Almeida | CRN 8 6363

Fontes de apoio:

1. Sociedade Brasileira de Diabetes. Tratamento e acompanhamento do diabetes mellitus. Diretrizes, 2014-2015.

2. Diabetes Statistics. October 1995 (updated 1997). NIDDK publication NIH 96-3926.

3. Programa Harvard. Joslin. SBD. Educação em diabetes no Brasil, 1996.

4. STENE, L.C. et al. Use of cod liver oil during pregnancy associated with lower risk of type 1 diabetes in the offsprings. Diabetologia, 2000.

5. KRISHNA, M.I., DAS, M. U. Prevention of chemically induced diabetes mellitus in experimental animals by poliunsaturated fatty acids. Nutrition, 2001.

6. BOETHEL, C.D. Sleep and the endocrine system: new associations to old diseases. Curr Opin PulmMed, 2003.

 

Tagged: ,

Comentários: 2

  1. Regina Baz 02/12/2015 às 07:49 Responder

    Gostaria se for possível receber orientações sobre esta doença, assim como dietas.

    Obrigada.

    • Senff
      Senff 02/12/2015 às 13:16 Responder

      Olá Regina, tudo bem?
      Agradecemos por seu contato em nosso Blog!

      Para controlar e prevenir essa doença, o Portal da Diabetes orienta que é sempre importante regular a alimentação. No caso das proteínas, é indicado que sejam consumidos peixes, aves e carnes magras, queijos com gorduras reduzidas, legumes e ovos brancos. Já os carboidratos, é aconselhável que sejam substituídos pela versão integral e, que no ato da compra, seja verificado no rótulo do produto se o mesmo possui a partir de 2,5g de fibra por porção. E o ideal é incluir na alimentação óleo de oliva – extra virgem acidez menor que 0,5%, arroz ou manteiga clarificada, abacate, nozes e sementes, pois esses alimentos fornecem combustível e vitaminas para o nosso organismo.
      Também é preciso restringir o açúcar, de qualquer origem, substituindo por adoçante a base de estévia ou xilitol. Procure na embalagem a informação: “100% estévia” ou ” “puro estévia”.

      Mas lembre-se que é sempre importante consultar um nutricionista para que ele analise o seu caso e elabore um plano de refeição personalizado para você :)

      Qualquer dúvida permanecemos à disposição.
      Conte sempre conosco!
      Senff
      (41) 3313-1800 Curitiba e Região
      0300-789-1167 Demais localidades
      http://www.senff.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Imagem CAPTCHA

*