Dicas Nutri – Cartão Alimentação

Confira como você pode potencializar suas atividades físicas com uma boa alimentação.

Gastronomia aliada à atividade física.

Você já sabe que uma alimentação saudável e equilibrada, aliada à atividade física, traz inúmeros benefícios, certo? Mas não é só isso. Podemos usar da gastronomia, associando alimentos, para melhorar a performance nos treinos ou diminuir as dores depois da atividade física. Vamos lá, eu vou explicar!

O objetivo principal de uma boa alimentação é fornecer energia ao organismo. Tudo que depende de energia em nosso corpo, das batidas do coração aos movimentos das pernas, braços e o que ocorre dentro e fora das células, é conduzido pela energia. Alimentos como sardinha, abacate, espinafre, amendoim, cereais integrais, azeite extravirgem e brócolis fornecem uma substância chamada Coenzima Q10, que produz do que tanto precisamos: energia. Atividade física em excesso diminui os estoques dessa substância, muitas vezes logo no início do treino, gerando aquela sensação de fadiga e falta de força muscular, por isso o consumo desses alimentos deve fazer parte da sua rotina.

Você gosta de beterraba? Se não, vou dar um ótimo motivo para você pensar melhor sobre este alimento.

A beterraba possui altas concentrações de nitrato, substância que participa da produção do óxido nítrico, que tem ação dilatadora dos vasos sanguíneos, facilitando a passagem de substâncias que fazem a contração muscular. Pensando nisso, o consumo pré-treino, em forma de suco, por exemplo, melhorará o seu desempenho durante a atividade física, principalmente para você que pratica corrida, natação ou é ciclista.

Não se convenceu? Ok! Se mesmo assim a inclusão da beterraba não está nos seus planos, vou mostrar outros alimentos fontes de nitrato que podem estar no seu cardápio:

  • Aipo

  • Agrião

  • Alface

  • Rúcula

  • Espinafre

  • Alho poró, salsinha

  • Repolho

Importante:

Você sabia que o consumo de alimentos no momento pós-treino é tão importante para emagrecer como para o ganho de massa muscular? Não? Pois então, carnes, peixes, ovos e tubérculos como batata-doce são fontes de proteínas e carboidratos, substâncias essenciais para a recuperação do músculo que você acabou de usar. Se você tem o costume de evitar ingerir uma refeição completa depois de treinar ou consome apenas “alimentos leves” como bolachas refinadas e/ou apenas fruta, saiba que está consumindo o tipo de carboidrato errado. Após o exercício, nossas fibras musculares estão sedentas por nutrientes. Se não oferecermos proteínas e carboidratos de alto valor nutricional, o organismo dará preferência para o ganho de gordura e não de músculos. Fique atento!

 

E, lembre-se, toda e qualquer indicação de alimentos e/ou preparações deve ser precedida de avaliação, por isso procure sempre um nutricionista para ficar bem orientado.

Fabiane Almeida | Nutricionista CRN 8 6363

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

1. IORI, M.; CALEFFI, R.; NAVES, A. Gastronomia Funcional do Esporte: alimento para sua performance. São Paulo: VP Editora, 2017.

2. PASCHOAL, V.; NAVES, A; FONSECA, A.B.B.L. Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. São Paulo: VP Editora, 2007.

Receita

No informativo deste mês descobrimos quais alimentos são essenciais ao fornecimento de energia, para se recuperar no pós-treino e para dar aquele “up” na circulação, principalmente para quem está usando algum suplemento específico. Então, vamos aprender uma receita usando os alimentos propostos, com as frutas e vegetais da estação? Mãos à massa!”

Suco Verde:

Esta receita rende 2 porções!

  • 1 pepino grande

  • 1 punhado de couve

  • 1 punhado de alface

  • 2 talos de aipo

  • 1 haste grande de brócolis

  • 1 maçã verde picada

  • 1 pedaço médio de gengibre descascado

  • ½ limão descascado e picado

Lave bem os ingredientes e é só liquidificar. Se você já conhece, fique à vontade para adicionar grãos de chia, será uma pitada a mais de saúde.

Sugestão de frutas, legumes e verduras de Julho: abacate, caqui, coco seco, laranja lima, maçã, maracujá, melão, morango, pinhão, tangerina, agrião, alface, brócolis, couve-flor, couve-chinesa, cheiro-verde, couve-manteiga, escarola, repolho, rúcula, abóbora, milho verde, pepino, pimentão e quiabo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Imagem CAPTCHA

*