Dicas Nutri – Cartão Alimentação

Coco, vai muito além do seu óleo.

Há muito tempo a popularidade do coco, particularmente do seu óleo, subiu e ele se tornou o queridinho de dietas e lanches pré-treinos. Seja por modismo ou por indicação médica, o seu uso tem comprovação científica, mas assim como para todo tipo de alimento, tem suas ressalvas.

Devido a suas vitaminas, minerais e fitoquímicos, o coco possui efeito antioxidante; age na melhora do metabolismo, auxiliando no controle do peso; pode aumentar o colesterol “bom” (HDL – colesterol) e reduzir a circunferência da cintura. Você já deve ter ouvido que o óleo de coco emagrece, não? O coco vai muito além do seu óleo. Estudos recentes mostram que ele também pode agir na prevenção de doenças como o Alzheimer e na melhora cognitiva de pacientes com esta doença. E quando se trata do óleo, por ser fonte de gordura saturada, precisa ser consumido com moderação, pois pode aumentar o colesterol “ruim”, o LDL – colesterol.

Vamos deixar o óleo de lado por um momento e lembrar de outros derivados desse fruto. A manteiga de coco é produzida com a polpa prensada a uma temperatura de 40°C, e isso faz com que o produto preserve fibras, proteínas e polifenóis. Sabe aquela ação antioxidante que comentamos acima? Vem desses polifenóis.

A farinha de coco, produzida pela torra da polpa, é rica em fibras, sendo uma boa opção de substituição da farinha de trigo refinada, em bolos ou panquecas. Uma forma fácil e barata de preparar a farinha de coco em casa é torrando o resíduo do coco (após o preparo do seu leite “vegetal”) no forno por alguns minutos. Por ser uma farinha versátil, pode ser usada no preparo de doces ou salgados. Estudos mostram que ela age na redução do Colesterol (Triglicerídeos) e no controle do açúcar no sangue.

Uma boa estratégia para os praticantes de atividades físicas é usar o leite de coco (podendo ser em pó) batido com uma dose de Whey Protein, cerca de 30 minutos antes do treino.

O coco e seus derivados podem fazer parte do seu dia a dia, compondo pratos principais, acompanhamentos, como parte de um lanche intermediário, assim como em sucos. Em sucos pode parecer um tanto estranho, a princípio, mas adicionar uma boa fonte de gordura a um prato/refeição faz com que o índice glicêmico diminua, e isso trará mais saciedade e controle da concentração de açúcar no sangue. Só temos a ganhar!

Então qual é a melhor forma de consumi-lo? In natura! O coco in natura preserva fibras e vitaminas essenciais ao funcionamento do organismo. Nada impede que o uso do seu óleo ou da farinha possa ser feito, mas quanto menos processado, melhor. Se comprar o coco seco, basta cortá-lo em pedaços e mantê-lo na geladeira por até dois dias. Caso queira manter por mais tempo, guarde os pedaços na própria água do coco. Ao congelar, separe uma porção de 2 a 3 pedaços e mantenha por até 30 dias. Evite fritar ou assar em altas temperaturas com o óleo de coco, pois se perdem os seus compostos bioativos.

E lembre-se, toda e qualquer indicação de alimentos e/ou preparações deve ser precedida de avaliação, por isso, procure seu nutricionista para lhe orientar.

Fabiane Almeida | Nutricionista CRN 8 6363

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

1. LIMA, E.B.C.; SOUSA, C.N.S.; MENESES, L.N. et al. Cocos nucifera (L.) (Arecaceae): a phytochemical and pharmacological review. Braz J Med Biol Res.

2. HU YANG, I.; DE LA RUBIA ORTÍ, J.E.; SELVI SABATER, P. et al. Coconut oil: non-alternative drug treatment against Alzheimer´s disease. Nutr Hosp; 32(6):2822-7, 2015.

Tagged: , ,

Comentários: 2

  1. Franciele bazzanella 27/10/2018 às 11:33 Responder

    Eu quero fazer cartão alimentação

    • Senff
      Senff 30/10/2018 às 16:26 Responder

      Olá Franciele, tudo bem?

      O cartão Alimentação é um benefício fornecido somente por empresas aos colaboradores.
      Caso você tenha um empresa e queria adquiri-lo nos informe por gentileza o CNPJ e telefone com DDD da mesma, para que possamos entrar em contato.

      Em caso de dúvidas, permanecemos à disposição.

      Conte sempre conosco.

Deixe uma resposta para Franciele bazzanella Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Imagem CAPTCHA

*